O Profeta seguido de O Jardim do Profeta

avaliação dos leitores (1 comentários)
(1 comentários)
Um tesouro espiritual ao alcance de todos
Formatos disponíveis
14,40€ I
12,96€ I
-10%
24H
EM
STOCK
COMPRAR
-10%
EM
STOCK
14,40€ I
12,96€ I
COMPRAR
I 10% DE DESCONTO IMEDIATO
I Em stock - Envio 24H

SINOPSE

«Quando o amor vos acenar, sigam-no, ainda que os seus caminhos sejam difíceis e íngremes.»

Traduzido em todo o mundo, O Profeta é a obra-prima de Kahlil Gibran que permanece atual e profundamente inspiradora.

Neste verdadeiro tesouro espiritual, o autor guia-nos por reflexões poderosas sobre temas essenciais como o amor, o casamento, os filhos, a beleza, o tempo, a dor e a amizade. Com uma simplicidade encantadora, Gibran leva-nos numa viagem interior rumo ao autoconhecimento e a uma vida com sentido.

Esta edição inclui ainda a obra O Jardim do Profeta, escrita pelo autor como complemento a O Profeta.
Ver Mais

COMENTÁRIOS DOS LEITORES

Reflexões que nos tocam a todos
Lina Manso | 2020-03-12
A obra-prima do autor poeta contém reflexões muito inspiradoras sobre temas que nos tocam a todos, tal como o amor, a amizade, ou o trabalho. Traz uma abordagem sempre atual das nossas vidas individuais e coletivas. Lê-se muito bem.

DETALHES DO PRODUTO

O Profeta seguido de O Jardim do Profeta
ISBN: 978-989-739-057-9
Edição/reimpressão: 07-2019
Editor: Albatroz
Código: 03223
Idioma: Português
Dimensões: 142 x 210 x 10 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 168
Tipo de Produto: Livro
Classificação Temática: Livros > Livros em Português > Desenvolvimento Pessoal e Espiritual > Espiritualidades
Kahlil Gibran (Djubran Kahlil Djubran) nasceu em 1883 em Bcharré, uma aldeia maronita cristã nas montanhas do Norte do Líbano. A sua infância foi de uma pobreza extrema e, em 1895, emigrou para os EUA com a mãe e os irmãos. Vivia com a família nos bairros degradados de Bóston quando o seu talento artístico chamou a atenção do fotógrafo e editor Fred Holland. Através de Holland, Kahlil começou a frequentar os círculos literários e artísticos de Bóston. Regressou ao Líbano para terminar os seus estudos e partiu em 1908 para Paris, onde estudou com Auguste Rodin. Em 1912 mudou-se para Nova Iorque, onde se dedicou à pintura e escreveu para alguns jornais árabes. Desde a publicação das suas primeiras obras, foi considerado uma figura de grande importância na literatura árabe moderna. Com a publicação de O Profeta, em 1923, a sua reputação literária ficou definitivamente estabelecida. Faleceu em 1931.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK